Mulher de 43 anos diz que foi forçada a trair o marido com rapaz de 18 e vira caso de polícia

0
293

Um caso de traição foi parar na delegacia na cidade de Presidente Olegário, a 450 km de Belo Horizonte. Toda a história ocorreu nesta última quarta-feira, 10 de abril, quando o marido de uma mulher de 43 anos acionou a Polícia Militar, através do 190, para registrar um boletim de ocorrência.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher teria conhecido um jovem de 18 anos através de um grupo no WhatsApp e depois disso começaram a trocar mensagens em modo privado. Ela relatou que o rapaz a ameaçou de morte caso ela se negasse a manter relações com ele. A ameaça de morte também seria para o marido e os filhos.

Diante da suposta ameaça de morte, a mulher teria cedido, se encontrado com o jovem e consumado a relação. Muito abalada, ela resolveu contar para o marido tudo o que aconteceu e o mesmo decidiu acionar a PM para denunciar o fato. Após o registro da ocorrência, uma guarnição saiu em busca do jovem, que foi localizado em uma praça da cidade e conduzido à delegacia de Polícia Civil.

O jovem negou as acusações da mulher e disse que o encontro foi com o consentimento dela. Além disso, segundo o rapaz, esse não teria sido o primeiro encontro dos dois, que mantinham o relacionamento desde o último dia 8 de abril. “Ela dizia o tempo todo que estava separando do seu marido e poderia seguir sua vida com ele”, disse o rapaz.

O jovem relatou que todas as conversas ainda estão no celular dele. A polícia recolheu o equipamento para averiguar as informações. A nossa equipe entrou em contato com a delegacia de Polícia Civil de Presidente Olegário para saber o resultado da análise, mas o delegado não estava presente para falar sobre o caso e a identidade dos envolvidos foi mantida em sigilo.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here