Mini celebra 60 anos do Countryman e outras variantes clássicas

0
18


A Mini comemora nesta semana o aniversário de 60 anos de lançamento de uma série de variações do modelo clássico. Entre as principais, destaque para o chamado Mini-Van, variante de trabalho destinada ao uso comercial por operários e comerciantes que chegou ao mercado britânico em 1960, cerca de um ano depois da estreia do compacto original.

Na mesma época, a British Motor Corporation (BMC) também lançou versões mais arredondadas, que chegaram às lojas como Morris Mini-Traveller e Austin Seven Countryman. Além disso, um Mini-picape também foi desenvolvido e ocupou importante posição na gama de veículos comerciais de pequeno porte.

Tanto o Morris Mini-Minor quanto o Austin Seven Countryman se diferenciavam essencialmente pela grade do radiador, desenho das calotas e pintura da carroceria. Mecanicamente, ambos eram equipados com motor de quatro cilindros instalado transversalmente na frente e programado para entrar 34 cv de potência máxima. A performance era a mesma, assim como o bagageiro capaz de acomodar até 195 litros.

Os dois modelos ganharam status cult ao longo do anos e se tornaram verdadeiros clássicos. Em 2010, já sob o comando da BMW, a Mini reviveu o batismo Countryman e usou para nomear seu primeiro SUV, que inovou também por ser o primeiro quatro portas e primeiro modelo cinco lugares da marca. Atualmente, o crossover está na segunda geração e acumula mais de 540 mil unidades vendidas em todo o mundo.

Fotos: Divulgação





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here