Doença que matou Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco, não é rara e quase sempre fatal

0
158

Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco, morreu nesta terça-feira (12) aos 74 anos, em um hospital na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, vítima de câncer no cérebro. Diferente do que muitos pensam, esta doença não é rara e quase sempre fatal, o sucesso do tratamento depende, entre outros fatores, do tratamento precoce, assim que os sintomas surgem é preciso tomar providências.

Quando a pessoa percebe um ou alguns dos sintomas de câncer no cérebro, deve procurar o médico imediatamente. O problema é que estes sintomas podem variar bastante e, por causa disso, é complicado identificar a presença de um tumor já no início da doença.

Os principais sintomas de câncer no cérebro, são: convulsões, desmaios e tonturas; sono em excesso até durante o dia; vômitos; forte dor de cabeça e náuseas; visão duplicada ou alguma alteração visual; começa a gaguejar ou alguma alteração na fala; esquecimentos; não consegue engolir os alimentos direito; tem movimentos involuntários; fica deprimido ou irritado facilmente, apresentando constantes alterações de humor.

Mas é importante ressaltar que os sintomas do câncer no cérebro variam de acordo com a localização e também a extensão do tumor; ou seja, não é porque a pessoa tem algum destes sinais que deve se desesperar.

Vale lembrar ainda que estes sintomas também estão associados a outras doenças e, quanto antes for o diagnóstico, maior será a chance de cura. Mas os tumores acabam causando sintomas que vão piorando progressivamente e não de uma hora para outra.

No caso de Eurico Miranda, esse foi o terceiro câncer contra o qual ele lutou, pois enfrentou um câncer na bexiga e também no pulmão. Nos últimos meses não conseguia mais andar e estava se tratando em casa, indo constantemente ao médico. No início da manhã desta terça-feira (12), Eurico foi levado ao hospital, mas não resistiu.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here