Cientistas descobrem gene que ‘sabota’ anticoncepcional, saiba se você tem

0
253

Mulheres em todo mundo utilizam métodos contraceptivos baseados em liberação de hormônio para evitar uma gravidez não desejada. Mas, você sabia que 1 em cada 20 mulheres possuem um gene que burla o anticoncepcional? Isso mesmo, o próprio DNA de algumas mulheres sabota o anticoncepcional

 Estudo comprova que o DNA de algumas mulheres sabota o anticoncepcional

Essa é a primeira vez que um estudo comprova que mesmo fazendo uso de um método contraceptivo uma mulher pode engravidar. Segundo os resultados do estudo, uma em cada vinte mulheres carregam um gene que impede a eficácia dos métodos contraceptivos. 

A pesquisa realizada na Escola de Medicina da Universidade do Colorado (Estados Unidos da América), foi publicada na revista científica “Obstetrics and Gynecology” e pode ser um marco na história das ciências sociais que apontam a mulher como única culpada por uma gravidez indesejada, mesmo que utilize anticoncepcional da maneira correta. 

Tamanha descoberta é para alguns autores a chance de abortar a ideia e o preconceito de médicos e enfermeiros, além da população em geral, de que nem sempre uma gravidez acontece pelo uso incorreto do anticoncepcional e sim por uma alteração no DNA de algumas mulheres.  

 É possível engravidar tomando o anticoncepcional corretamente

“Quando uma mulher diz que engravidou durante o controle de natalidade, a suposição sempre foi de que, de alguma forma, foi culpa dela.”, disse Aaron Lazorwitz, autor principal do estudo. O autor ainda afirmou que descobertas como essa devem ser levadas em consideração para que médico passe a ouvir mais suas pacientes. 

A pesquisa foi feita com 350 mulheres. Elas tiveram seu DNA estudo e sequenciado, assim, descobriu-se que cerca de 5% da população estudada tinha uma forma diferente do gene CYP3A7*1C. Esse gene geralmente permanece com o embrião dentro do útero e se desliga dele pouco tempo antes do nascimento, mas com estudo descobriu-se que algumas mulheres continuam com ele e produzem uma determinada enzima para o resto da vida e isso afeta a natalidade dela. 



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here